top of page

Um Desafio: Que tal começar a ler um livro hoje?

Atualizado: 14 de abr. de 2020

Recentemente Richard Uchoa C. Vasconcelos fez um post por aqui questionando o mercado dos livros, uma vez que a Livraria Cultura pediu recuperação judicial.


Não sei qual é a relação que vocês tem com a leitura de livros, mas me tornei fã da prática ainda adolescente, com a Família Arruda, nos verões e invernos na praia de Suarão, litoral paulista.


Na casa e sacolas de praia, livros saindo pela culatra. Uma ótima forma de passar o tempo ao sol ou enquanto o resto da casa dá aquela cochilada no meio da tarde.


Devorei livros como a coleção “Plenos Pecados”, com autores diversos ao redor da temática dos Pecados Capitais, Dom Casmurro - para o vestibular, Senhor dos Anéis, e claro, Harry Potter (quem nunca?). Assim, o gosto pela leitura tornou-se parte de quem sou.


Se vejo uma oportunidade de ficar parada - seja no aeroporto ou na manicure, sempre terei um exemplar comigo, nem que seja um digital. Acabei estendendo o hábito às noites tranquilas. Uma taça de vinho e um bom livro enquanto espero a roupa terminar de lavar.

Ler um livro me desliga do mundo, me leva à imaginação, à criatividade, em pensar como é aquele mundo criado em torno de personagens que às vezes nos confundem - como em Cem Anos de Solidão, nos deliciam em sua complexidade - como em “A Amiga Genial”, nos angustiam - como em “A Metamorfose” ou nos fazem refletir sobre nossos “Fortes Bastianis” em "O Deserto dos Tártaros”. Adoro, inclusive, quando estes são lançados em filmes que dão forma àquilo que imaginei e refletir o quanto me aproximei dessa mesma imaginação.


Ouso dizer que uma boa parte dos livros que já li, talvez 1/3 ou um pouco mais, li em uma versão digital, no conforto da minha cama, antes de dormir naquelas noites de inverno em que só o dedinho sai debaixo do cobertor para “virar" a página.


Por esse carinho que tenho com a leitura, acho difícil ser um mercado fadado à falência e sim à reinvenção. É uma pena que não tenhamos um Netflix dos livros. Seria assinante de primeira!

Uma Nova Competência


No #FuturoDoTrabalho precisamos desenvolver cada vez mais competências que nos levem a #convergir: compreender e discernir dentre tantos conteúdos que vemos por aí.


Precisamos desenvolver competências que nos diferenciem das automações, IA, Bots, etc.


Senso Crítico e Compreensão de Texto são algumas delas proporcionadas e desenvolvidas pela leitura.



Um desafio


Na última semana, Luciana Burr, daquelas amigas que te inspiram, fez um convite: “Desafio vocês meus amigos a lerem um livro até o final do ano”. Refleti e pensei nos tantos livros que estou lendo ao mesmo tempo (são 4 no total - Fitzgerald, Cortella, Martha Medeiros e Claudia Gray). E então recebi o convite para me juntar a ela e um grupo de amigas em um Clube do Livro, com recomendações e discussões mensais (ah, como é bom não precisar de um filme para “trocar percepções”).


Hoje, para celebrar o Dia Nacional do Livro, um convite do grupo: Vamos ler um Livro?! E convido todos ao desafio: Ler um livro até 31-Dez!!

ps: Como dica, no mês de novembro leremos 2 livros: Olhos D’agua, Conceição Evaristo e Quarto de despejo, Carolina Maria de Jesus. Ambas escritoras brasileiras negras que trazem consigo suas histórias.


ps 2: Hoje é o Dia Nacional do Livro. Data criada para homenagear a fundação da Biblioteca Nacional do Brasil, em 1810. Os brasileiros não são conhecidos como grandes leitores e, de fato, não somos, mas nunca é tarde para sermos protagonistas em uma mudança.



Dia Nacional do Livro: Que tal começar a ler um livro hoje?

Pronto para fazer a sua Transição de Carreira?

A Transição de Carreira é um processo, que não acontece do dia para a noite, de autoconhecimento, endendimento do mercado e conexão de contatos.

Se você está pronto para dar o primeiro passo nesse processo, entre em contato.

Quer saber mais sobre Transição de Carreira?



41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page